SESSÕES ORDINÁRIAS: TODAS AS SEGUNDAS-FEIRAS, ÀS 19H30
X
ÚLTIMAS NOTÍCIAS / EMENDA
 
Previsão de dotação para implantação de energia solar nas escolas é incluída na LDO 2020
 
10/07/2019
Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Marialva

A Câmara Municipal de Marialva aprovou por unanimidade na sessão ordinária da última segunda-feira (8), três emendas aditivas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) referente ao exercício financeiro de 2020


De autoria do vereador Jefferson Garbúggio (PT), as emendas sugerem disponibilização orçamentária para a implantação de placas de energia solar nas escolas públicas da rede municipal, para a oferta de merenda escolar aos professores e demais servidores da rede municipal de ensino e para o fornecimento gratuito de repelente para gestantes, durante surtos epidêmicos. 


“O Município vai deixar de gastar mais de 300 mil reais por ano com a implantação das placas de energia solar nas escolas municipais. O investimento inicial será recuperado em pouco tempo e, com a economia, os recursos poderão ser utilizados em outras áreas”, estimou o vereador. 


Jefferson comentou ainda que a merenda escolar “é uma luta antiga dos profissionais de educação”, e que a distribuição de repelentes é uma “maneira simples de evitar que as gestantes do município enfrentem o zika vírus”. 

 

Atualmente, as emendas parlamentares no município de Marialva não são impositivas, ou seja, a inclusão da emenda no orçamento, por si só, não garante a execução das ações, que são discricionárias do Executivo. Mas trata-se de "um primeiro passo", já que a previsão da dotação é obrigatória, caso o Executivo venha a realizar a ação.

Na LDO, constam as metas e as prioridades do Governo Municipal e a fixação das despesas, especificadas em projetos e atividades, de cada órgão da Administração Direita e Indireta. O prazo para os vereadores apresentarem emendas à LDO se encerra na próxima segunda-feira (15). 


Durante a sessão, os vereadores também aprovaram o Projeto de Lei Ordinária nº 28/2019, de autoria do Executivo, que autoriza a Administração Municipal a prorrogar por mais um ano do Termo Aditivo a Convênio celebrado entre o Consórcio Intergestores Paraná Saúde e o Município de Marialva.

 

Segundo a justificativa do projeto o atual valor repassado ao consórcio é “insuficiente para atender de forma mais adequada a demanda da população”. O convênio passará a ter vigência julho de 2020.  A proposta foi discutida em regime de urgência e dispensa de interestício para a segunda e terceira discussão. 

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» Câmara vota projetos que extinguem as possibilidades de sessão secreta
» Câmara discute projetos que impedem a nomenclatura de bens e a entrega de honrarias a cidadãos ficha suja
» Seminário discute integração de políticas públicas no combate à violência contra crianças e adolescentes
» Agepar realiza audiência pública para debater regras para atuação de empresas do setor de água e esgoto
» Câmara entrega de título de Cidadão em Destaque ao padre Edivaldo Rossi Gonçalves
» Abertura da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla acontece na próxima terça
VER TODAS